[Plantão de notícias...]
contatoFacebook
Andradina/SP
20 Novembro 2018
Versão impressa
03.06.2016
Ver edição


Wilson Paganelli

Wilson Paganelli

Advogado e Professor em Castilho/SP

POLITICOSSAUROS

Caro leitor, estimada leitora, é difícil realmente digerir um governo surreal como é este do senhor Temer. Brasileiro, hoje, não usa mais carro como meio de la-zer, mas como instrumento de trabalho. E o combustível já subiu, ou melhor, a Petrobrás, no governo Temer, já aumentou o valor do litro 116 vezes em menos de 6 meses. Já é motivo de total indignação notar-se que, basta chegar de-zembro/janeiro, ou seja, quando a maioria do povo brasileiro costuma ter férias e oportunidade de viajar, o governo autoriza o aumento do preço do combustí-vel e dos pedágios – noutro país, esse ato seria motivo de revolta, motim, revo-lução. Aqui, acomodação. Absurdo estarmos cercados de cana-de-açúcar por todos os lados e o etanol custar o que custa.  Absurdo o governo fazer o que faz, até com ameaça a governadores que recebem verbas da Caixa, para apro-var uma reforma da Previdência que fará com que o brasileiro pague uma vida inteira e, justamente quando poderá aposentar-se, estar à beira da morte, cri-vado de doenças crônicas. Isso quando não morrer antes. Tudo porque um SUS não funciona e paga-se caro a planos de saúde que só exploram o pobre brasileiro e provocam constrangimentos na hora de o utilizar. E viva a ANS, órgão responsável pela fiscalização dos planos de saúde! Absurdo a cara-de-pau do senhor Temer e seu estafe em tentar utilizar-se de um decreto de indul-to de natal para favorecer seus apaniguados. É isso que dá termos governo espúrio. É isso que dá votar como o povo vota – em salvadores da pátria que, depois de aprontar o que aprontam, ainda elegem um toco que apontam como sucessor para um povo ignaro que vende seu voto a troco de uma dentadura. Vamos morrer e não veremos este país dar valor ao que realmente tem valor. Povo que elege como seus ícones Annita e Pablo Vittar. Que aplaude como programa televisivo do ano um BBB. Vivemos de mentiras pregadas a nosso povo e aceitas por ele como se fossem extremas verdades. Estamos vendo, sem fazer nada, as bases de nossa democracia ser corroídas por gente sem escrúpulo. E em todos os níveis. Há corrupção no legislativo, no executivo, no judiciário e no empresariado. Poucos se salvam. Parece que a praga se alas-trou e corrompeu todos aqueles que poderiam dar outros rumos ao nosso país. Já não se fazem homens como antigamente, quando o fio da barba valia como contrato. Palavra dada, palavra cumprida. Hoje se fala uma coisa de manhã – à tarde, já não vale mais. Sinceramente, estamos nos sentindo dentro de um grande barco à deriva. E à frente, um tremendo paredão, contra o qual certa-mente iremos nos chocar. E pior – vem aí uma eleição que não nos deixa op-ção. Os candidatos serão os mesmos de sempre. E há ainda aqueles que não acreditam na “cegueira deliberada” de muitos desses vetustos políticos, de ar-gumentos ultrapassados... ou entram na onda desses que vêm com discursos radicais, como se fossem eles os novos salvadores da pátria.  O que não se faz num país em que a EDUCAÇÃO mais deseduca que educa. Uma educação que não ensina a pensar, mas sim a aceitar o que já vem pronto. Como diz a Francelina –  “Impossível consertar isso. Já descobriram 300 ovos de politicos-sauros, o que é prova cabal de que essa raça ruim já vem infernizando o Brasil a milhões de anos!” Somos amorfos. É isso.

Comentários


Cadastro
Receba Notícias por email.
Contato
Rua Dr. Orensy Rodrigues da Silva, 879
Centro - Andradina/SP
Telefone:
18 3722-7376